was successfully added to your cart.

Você sabia que existe uma cola que mantém seu corpo unido. Esse é colágeno.

Sem colágeno, sua pele seria seca e fina, suas unhas seriam frágeis, seus músculos não poderiam crescer e seus ossos seriam extremamente frágeis.

Você pode ter ouvido falar que o colágeno pode ser bom para sua pele, mas há um segredo que a indústria da beleza não quer que você saiba: o colágeno não faz nada para sua pele, cabelo ou unhas quando aplicado topicamente.

De fato, a molécula é muito grande para ser absorvida pela pele. O colágeno tem que ser consumido para colher todos os seus (muitos) benefícios.

O colágeno é a proteína mais abundante em seu corpo e ajuda a dar forma, força e integridade a muitos tecidos, incluindo sua pele, músculos, ossos, tendões, cérebro e coração.

O que é Colágeno?

O colágeno vem da palavra grega “kólla“, que significa “cola” e da palavra francesa, que significa “algo que produz”. Em outras palavras, o colágeno é uma proteína “produtora de cola”.

É necessário formar e curar praticamente todos os tecidos do seu corpo. É por isso que é a proteína mais abundante que você tem – 30% da proteína total do seu corpo é colágeno.

Você não pode obter colágeno diretamente dos alimentos (apenas de suplementos), então seu corpo precisa produzi-lo.

Benefícios do Colágeno

Pesquisas já mostraram que níveis adequados de colágeno são necessários para o bom funcionamento de:

  • Pele
  • Unhas
  • Cabelo
  • Músculos
  • Tendões, articulações e ligamentos
  • Ossos
  • Coração
  • Cérebro

A boa notícia é que com o consumo constante através da suplementação do colágeno hidrolisado – ou melhor, seus peptídeos (ainda falaremos sobre eles) – é possível melhorar o funcionamento de toda essa lista acima. Mas como? Confira a seguir:

1. Saúde da Pele

Quando a maioria das pessoas ouve a palavra colágeno, pensa na saúde da pele. Os anúncios de cremes antienvelhecimento falam sobre seu poder de reverter as rugas e os sinais de envelhecimento, embora não haja pesquisas suficientes para apoiar totalmente essas afirmações.

Os benefícios reais e duradouros do colágeno em sua pele vêm de dentro para fora. A pesquisa mostra que tomar suplementos de colágeno (como peptídeos de colágeno):

  • Melhora a elasticidade da pele
  • Aumenta a hidratação da pele
  • Reduz as rugas
  • Evita danos por UV
  • Previne sinais precoces de envelhecimento
  • Diminui a aspereza da pele facial
  • Aumenta a quantidade de colágeno presente na pele 

Em um estudo, 69 mulheres receberam 2,5g ou 5,0g de suplemento de colágeno ou placebo uma vez ao dia por 8 semanas. No final do estudo, a elasticidade da pele em ambos os grupos de colágeno foi significativamente maior em comparação ao placebo. Após 4 semanas de tratamento de acompanhamento, as mulheres idosas tiveram um nível de elasticidade da pele significativamente maior.

Outro estudo comparando dois tipos de compostos de colágeno descobriu que um alto conteúdo de colágeno melhorou significativamente a umidade, a elasticidade, as rugas e a rugosidade da pele do rosto em comparação com o baixo composto de colágeno e o placebo.

Em resumo, a suplementação de colágeno pode prevenir os primeiros sinais de envelhecimento, mantendo a pele firme e hidratada.

2. Unhas Fortalecidas

O colágeno pode prevenir unhas frágeis e quebradas, além de apoiar o crescimento delas. Um estudo descobriu que sua ingestão regular resulta em média:

  • Aumento da taxa de crescimento das unhas em 12%.
  • Diminuiu a frequência de unhas quebradas em 42%.
  • 64% dos participantes tiveram uma melhora significativa nas unhas quebradiças.
  • 88% dos participantes experimentaram uma melhoria após 4 semanas.

A gelatina – uma forma cozida de colágeno – também pode melhorar a qualidade das unhas.

3. Fortalece o Cabelo

A função exata do colágeno nas células-tronco do cabelo e seu papel no ciclo do cabelo ainda não está completamente claro, mas novas pesquisas de 2016 e 2017 descobriram que o colágeno pode impedir:

  • Perda de cabelo precoce
  • Queda de cabelo
  • Cabelo grisalho

4. Recuperação e Crescimento Muscular

Como proteína, o colágeno é vital para o crescimento e a recuperação dos músculos. Ele tem a função de:

  • Aumentar a força muscular
  • Tornar o treinamento de resistência mais eficaz
  • Ajudar na regeneração muscular
  • Evitar distúrbios musculares

Um estudo descobriu que a suplementação de colágeno em combinação com o treinamento de resistência aumentou a massa livre de gordura e a força muscular enquanto diminuía a massa gorda.

Um estudo publicado na Nature descobriu que a falta de colágeno pode prejudicar a regeneração muscular e reduzir a capacidade de auto-renovação de suas células após a lesão. Mutações que impedem a formação de colágeno também podem levar a distúrbios de atrofia muscular.

5. Constrói Tendões e Ligamentos

O colágeno constitui a grande maioria do tecido nas articulações, tendões e ligamentos. De fato, os tendões são 80% de colágeno. Portanto, quaisquer deficiências podem afetar a flexibilidade, amplitude de movimento e causar doenças articulares como artrite. Usar peptídeos de colágeno pode:

  • Manter a integridade dos tendões e ligamentos
  • Prevenir e tratar artrite
  • Diminuir dor nas articulações e inchaço
  • Suporte no reparo de tendão

Em um estudo randomizado envolvendo 60 pacientes com artrite grave, o consumo de colágeno por 3 meses diminuiu o número de articulações inchadas e sensíveis, e 4 pacientes tiveram uma remissão completa.

Outro estudo descobriu que a suplementação com colágeno diminuiu significativamente a dor nas articulações em pacientes.

Estudos anteriores em animais mostram que os suplementos de colágeno e vitamina C podem fortalecer e acelerar a cicatrização do tendão de Aquiles (o maior tendão do corpo).

6. Fortalece Ossos

O cálcio não é o único nutriente com o qual você deve se preocupar quando se trata de saúde óssea. A força dos seus ossos depende de duas coisas:

  1. A quantidade de tecido ósseo.
  2. A organização do quadro de colágeno em seus ossos.

À medida que envelhecemos, essa rede de colágeno debilita, tornando seus ossos menos resistentes. Felizmente, seu corpo é capaz de absorver rapidamente e usar o colágeno oral para compensar a perda natural de colágeno. Tomar suplementos de colágeno pode:

  • Estimular as células formadoras de osso.
  • Melhore a absorção de cálcio.
  • Proporcionar benefícios anti-inflamatórios e antioxidantes.
  • Evite a osteoporose.
  • Aumentar a capacidade de resistir a fraturas.

Estudos descobriram que a suplementação com uma mistura de calcitonina (um derivado de cálcio) e colágeno de grau farmacêutico teve melhores resultados na prevenção da degradação do colágeno ósseo do que a calcitonina sozinha.

Em suma, o colágeno trabalha lado a lado com o cálcio para melhorar o metabolismo ósseo, por isso, certifique-se de obter cálcio suficiente junto com a ingestão de colágeno.

7. Garante a Saúde do Coração

Colágeno mantém seu coração batendo, literalmente. O colágeno – a proteína mais abundante no coração – está concentrado em uma das três paredes do seu coração: o miocárdio, encarregado de fazer as contrações para bombear o sangue. Aqui, o colágeno faz duas coisas:

  • Fornece uma estrutura estrutural para as células musculares cardíacas.
  • Fornece rigidez às paredes do seu coração e ajuda na transmissão da força para que possa bombear o sangue.

Sem colágeno suficiente, seu coração não pode bater. Infelizmente, à medida que envelhecemos, a rede de colágeno no coração muda naturalmente. Essa mudança nos níveis de colágeno enfraquece e dilui a parede do coração, altera a função cardíaca e altera a pressão nas artérias quando o coração bombeia sangue.

Ataques cardíacos e doenças cardíacas também podem afetar a rede de colágeno. É por isso que a suplementação de colágeno pode ajudar a manter todo esse funcionamento saudável.

8. Saúde do Cérebro

O colágeno também está presente nos neurônios, onde ajuda a combater a oxidação e a neurodegeneração. Pesquisas descobrem que a deficiência de colágeno no cérebro pode causar:

  • Morte celular espontânea (apoptose).
  • Maior vulnerabilidade ao estresse oxidativo.
  • Autofagia prejudicada (destruição de células no corpo).
  • Aumento da neurotoxicidade.

Em outras palavras, o colágeno ajuda o cérebro a funcionar adequadamente e previne doenças neurodegenerativas como a doença de Alzheimer.

 

Como você pôde perceber, o colágeno vai além do que imaginamos. Ele é essencial para quem busca uma saúde otimizada por completo, sendo responsável em atuar positivamente em diferentes âmbitos de nosso corpo, como coração, cérebro, articulações, pele e músculos.

Tipos de Colágeno

Existem 28 tipos conhecidos de colágeno. No entanto, cerca de 90% do colágeno do seu corpo é do tipo I. Esses são os 5 tipos mais comuns:

  • Colágeno I: Por ser o mais abundante, o tipo I está presente em quase todos os tecidos do corpo: tendões, pele, ossos, cartilagem, tecido conjuntivo e dentes. As fibras de colágeno tipo I são incrivelmente fortes. Eles podem resistir a muita pressão sem quebrar.
  • Colágeno II: Encontrado principalmente na cartilagem.
  • Colágeno III: O tipo III pode ser encontrado ao lado do tipo I e nos músculos, órgãos, artérias e um tipo de tecido conjuntivo especial chamado fibra reticular, que forma o fígado, o tecido adiposo, a medula óssea, o baço e muito mais.
  • Colágeno IV: Forma a lâmina basal, uma camada da matriz extracelular – a rede que sustenta as células – que fica sob o epitélio. Basicamente, a lâmina basal dá suporte externo às células da sua pele.
  • Colágeno V: O colágeno V pode ser encontrado na matriz óssea, na córnea e no tecido conjuntivo que existe entre as células dos músculos, fígado, pulmões e placenta (também conhecida como matriz intersticial).

Como o Colágeno Funciona?

Seu corpo está cheio de células que têm tarefas específicas para manter seus “motores” funcionando. Os fibroblastos têm um trabalho importante: produzem colágeno. Para isso acontecer, os fibroblastos precisam de acesso a aminoácidos – glicina, prolina e hidroxiprolina. Os suplementos de colágeno fornecem aos seus fibroblastos aminoácidos para que eles possam continuar fazendo o que fazem melhor.

O colágeno hidrolisado, também conhecido como “peptídeos de colágeno” (presentes no SuperCoffee), é a maneira mais eficaz de fornecer esses aminoácidos. O processo de hidrólise quebra o colágeno em um pó suave e leve. O produto final tem um baixo peso molecular, portanto, seu sistema tem mais facilidade em digerir, absorver e distribuir os aminoácidos por todo o corpo. Isso torna os aminoácidos mais bio disponíveis – uma maneira elegante de dizer “realmente capaz de ser usado pelo seu corpo”.

Post Relacionado: SuperCoffee – O que é, Benefícios, Ingredientes e Como Fazer

Onde Encontrar Colágeno

Felizmente, existe uma maneira de evitar o colapso do colágeno e aumentar sua produção naturalmente – e tudo começa com o que está no seu prato. Esqueça botox, injeções ou suplementos caros: muitos alimentos encontrados na natureza contêm os nutrientes necessários para formar o colágeno, tornando sua dieta a melhor arma contra linhas finas, rugas e outros sinais de envelhecimento.

Aqui estão os melhores alimentos para aumentar o colágeno naturalmente.

SuperCoffee

supercoffee

SuperCoffeeé um blend instantâneo de 10 superalimentos 100% naturais feitos para te dar mais energia, otimizar sua queima de gordura e tornar seu dia mais produtivo – com mais foco e clareza mental. Sua fórmula é altamente rica em colágeno, então além de saboroso e efetivo para alta performance, ele também traz todos os benefícios do colágeno que você já conhece.

Salmão

O salmão  contém zinco, um mineral que demonstrou ativar as proteínas necessárias para a síntese de colágeno

O salmão também é uma excelente fonte de ômega 3 ácidos graxos essenciais, que são necessários para reduzir a inflamação e construir células saudáveis da pele. Gorduras saudáveis, como o ômega 3, também são necessárias para manter a pele hidratada de dentro para fora, o que naturalmente promove uma aparência mais jovem.

Post Relacionado: O Guia Definitivo da Dieta Cetogênica

Folhas Verdes

Sabemos que os vegetais verdes são alguns dos alimentos mais densos em nutrientes do planeta para a prevenção de doenças, mas também podem ser uma maneira poderosa de prevenir o colapso do colágeno.

Todos os alimentos vegetais verdes (como algas verdes, rúcula, couve, alface, feijão verde e brócolis) contêm clorofila, que é o pigmento que dá às plantas sua cor verde vibrante. Estudos mostraram que o consumo de clorofila aumenta o precursor do colágeno (procolágeno) na pele.

Frutas Cítricas

A vitamina C ajuda a “unir” os aminoácidos que são necessários para formar o colágeno, como a prolina, o que o torna um nutriente essencial na fase de pré-produção de colágeno.

Como antioxidante, a vitamina C também protege contra as toxinas encontradas em nosso suprimento de ar, alimentos e água, que contribuem para quebrar o colágeno e danificar a camada interna da pele. A vitamina C também pode ajudar no reparo e regeneração de células da pele, e é por isso que ela é comumente recomendada para prevenção de rugas e adicionada a produções de cuidados com a pele.

Ovos

Ovos de galinha são um dos alimentos raros que realmente contém colágeno na gema e membranas casca de ovo. Na verdade, suplementos de membrana de casca de ovo se tornaram um remédio natural popular para melhorar a saúde das articulações devido ao seu conteúdo de colágeno. Os ovos também são ricos em enxofre, um mineral necessário para a produção de colágeno.

Frutas Vermelhas

Bagas contêm um nutriente chamado ácido elágico, que serve para impedir a colapso do colágeno de dano UV . Além de proteger contra os sinais de envelhecimento, as frutas vermelhas também podem ajudar a produzir colágeno. Como as frutas cítricas, as frutas são ricas em vitamina C, que, como você já sabe, ajuda a vincular aminoácidos específicos para a formação de colágeno.

caffeine

Author caffeine

More posts by caffeine

Leave a Reply